História

Em 1977, a criação de uma feira de ciências na Fundação Liberato foi proposta pelo professor Alberto Dal Molin Filho ao então Diretor Executivo Orlando Razzera. Após a elaboração de um projeto consistente de sondagem e sua aprovação,  foi realizada, em 1978, a 1ª FEICIT – Feira de Ciência e Tecnologia –  com a apresentação de 277 projetos.

Discurso de abertura da 1a FEICIT proferido pelo Prof. Alberto Dal Molin Filho na presença do Diretor Executivo Orlando Razzera, do Presidente da APM Alcides Saul, de integrantes do Conselho Técnico Deliberativo da Fundação Liberato e autoridades convidadas.

Em 1985, a FEICIT configura-se como feira estadual e passa, então, a denominar-se MOSTRATEC – Mostra de Criatividade em Ciências, Arte e Tecnologia. Dessa maneira, amplia-se a participação para projetos de escolas de todo o estado do Rio Grande do Sul, aumentando, sobremaneira, a visibilidade dos trabalhos e da instituição.

Abertura da 1ª MOSTRATEC, em 15 de agosto de 1985, com apresentação do Prof. Alberto Dal Molin Filho na presença do Diretor Executivo Kurt Joaquim Luft, Prefeito Municipal de Novo Hamburgo-RS Eugênio Nelson Ritzel, Diretor Geral da FEEVALE João Carlos Schmitz, Delegado da 2a CRE, representantes do CTD e demais autoridades.

Em 1993, visando contemplar escolas técnicas do Brasil interessadas em demonstrar o resultado dos projetos desenvolvidos em sala de aula, a MOSTRATEC torna-se uma feira nacional.

Em 1994, a MOSTRATEC passa a receber trabalhos de outros países, projetando-se como um dos principais eventos educacionais do país e recebendo o nome de Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia.

A partir de 2009, a MOSTRATEC deixa de acontecer nas dependências da Fundação Liberato. A FENAC – Centro de Eventos e Negócios, pertencente à Prefeitura Municipal de Novo Hamburgo –RS, passa a abrigar a mostra, proporcionando melhor infraestrutura e maior visibilidade para a exibição dos projetos. Empresas e universidades da região apoiam e participam de forma ativa aumentando o intercâmbio entre estudantes e profissionais do Brasil e do exterior.

Em 2011, a MOSTRATEC inova mais uma vez, criando a MOSTRATEC JÚNIOR, abrindo espaço para trabalhos desenvolvidos por alunos do ensino fundamental da cidade de Novo Hamburgo-RS.

Em 2014, além dos trabalhos do ensino médio, profissional e fundamental, os alunos da Educação Infantil passam também a apresentar as pesquisas científicas realizadas nas escolas.

Em 2018, a MOSTRATEC já conta com mais de 750 trabalhos desenvolvidos por alunos a partir dos 4 anos de idade.

A MOSTRATEC, por sua trajetória de vários anos de dedicação à pesquisa, inspira e transfere conhecimento para muitas instituições na organização de diversas feiras escolares regionais e nacionais, contribuindo para a formação de pesquisadores e profissionais com capacidade de inovar e propor soluções.

Assim, a MOSTRATEC tornou-se uma referência na promoção de pesquisas tecnológicas e inovação para a comunidade nacional e internacional.

Relação de países que já participaram da MOSTRATEC (em ordem alfabética)

  • África do Sul
  • Alemanha
  • Argentina
  • Azerbaijão
  • Bolívia
  • Cazaquistão
  • Chile
  • China
  • Colômbia
  • Coreia do Sul
  • Costa Rica
  • Dinamarca
  • Equador
  • Espanha
  • Estados Unidos
  • Filipinas
  • França
  • Índia
  • Indonésia
  • México
  • Moldávia
  • Namíbia
  • Nigéria
  • Paraguai
  • Peru
  • Portugal
  • República Checa
  • Romênia
  • Taiwan
  • Turquia
  • Ucrânia
  • Uruguai
  • Venezuela

Relação de Estados Brasileiros que já participaram da MOSTRATEC (em ordem alfabética)

  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espirito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Pará
  • Paraíba
  • Paraná
  • Piauí
  • Rio de Janeiro
  • Rio grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • São Paulo
  • Sergipe
  • Tocantins